Grupo de Pesquisa em Filosofia da Educação e Arte
  • Linha de pesquisa: Filosofia da Educação

    Publicado em 06/11/2014 às 19:14

    Em cada ponto, a compreensão abre um mundo. Wilhelm Dilthey


    Cenário de pesquisa: Sabemos o quanto as experiências educativas e pedagógicas carecem de fundamentos necessários para alimentar um constante pensar sobre si mesmas. Também não desconhecemos as dificuldades que os profissionais envolvidos nas tarefas de educar e de ensinar trazem com relação a não só se apropriarem das referências teóricas basilares para todo e qualquer empreendimento de natureza educacional, como também de teorizarem, eles próprios, sobre os seus fazeres cotidianos. É o que temos observado, ao longo de nossa experiência acadêmica. De fato, pensar ou teorizar sobre a educação não é das tarefas mais fáceis, pois exige o paciente trabalho de elucidação de premissas e valores que regulem a escolha de meios e de fins, ambos voltados à promoção do humano e dos seus possíveis. É sob essa perspectiva, a de refletir sobre estratégias que contemplem a promoção do humano em toda a variedade permitida por essa condição, que escolhemos investigar alguns dos aspectos envolvidos na formação humana.

    Nuclear para a educação, o conceito de formação é, contudo, por demais amplo e fluido – a depender de contextos, autores, aplicações e até mesmo de projeções imaginárias e poéticas relativas ao homem e ao seu destino. O conceito é, desse modo, de difícil aproximação. Em que pese a relevância de algumas referências acumuladas para a constituição de “quadros mentais” básicos acerca da ideia de formação ao longo do tempo, não se encontram esgotadas as possibilidades analíticas, interpretativas ou heurísticas do conceito em foco. Até porque, a amplitude e a fluidez referidas não permitem formulações completas. Desse cenário definimos ações de pesquisa estabelecidas por meio de projetos com perspectivas teóricas diferentes contudo interessadas em dialogar sobre a ideia de formação humana. Abaixo os projetos da responsabilidade da linha de filosofia da educação.

     Formação humana: tensões entre natureza e cultura

    Esse projeto, de caráter geral e comum, orienta os demais projetos específicos desenvolvidos pelos subgrupos que compõe a linha de pesquisa e o GRAFIA – Grupo de Estudos e Pesquisas em Filosofia da Educação e Arte.

    Objetivo Geral:

    • Desenhar uma constelação teórica sobre a ideia de formação humana por meio de revisões de alguns textos clássicos filosófico-literários para fazer fluir possibilidades interpretativas como expressão de estudos de natureza filosófico-educacional.
    • Aprofundar, por meio do GRAFIA, as diversas dinâmicas de pensar a pedagogia e seus procedimentos práticos em ambientes educativos aproximando os estudantes envolvidos nos estudos da linha de pesquisaFilosofia da Educação.

    Objetivos Específicos:

    • Construir referenciais conceituais visando incentivar novas pesquisasque alarguem a ideia de formação humana aliada aos processos de aprendizagem, corpo, estética, cultura.
    • Contribuir com os profissionais da educação envolvidos com a tarefa de educar e de ensinar a se aproximarem de diferentesreferências teóricas a fim de desafiá-los a teorizarem sobre suas práticas educacionais.
    • Refletir sobre os propósitos ou estratégias institucionais mediante a tensão entre natureza e cultura no forjar/forjar-se humano.

  • Evento Jorge Larrosa

    Publicado em 06/07/2015 às 15:35

    Larrosa_Prof. Lúcia